sábado, 9 de agosto de 2014

A dependência de atendimento em São Paulo e os problemas de viagem, hotel, acompanhante etc.

2 comentários:

  1. Boa tarde, assisti o vídeos dos colegas, e até meu nome foi citado, sem problemas, mas quero afirmar que eu também não consegui o TDF, o meu foi negado. Fui a primeira vez para uma consulta de avião, mas com recursos próprios, paguei 89,00 numa promoção, que tava o mesmo preço que a passagem de ônibus, fui eu e mais 02 colegas. Das outras vezes, sempre fui de ônibus, viajando de madrugada para chegar lá por volta das 06 da manhã e indo direto para a consulta, sem dormir, de depois das 14 horas da tarde indo direto para a Rodoviária do Tietê, pegar passagem de volta para Curitiba, sem dormir, cansado...etc...(tudo isso para evitar ter que pegar hotel que sai caro). Abraço a todos. Dilmar Schmitter.

    ResponderExcluir
  2. Desculpe digitei errado, TFD (Tratamento Fora de Domicílio), negam dizendo que temos tratamento aqui. Mas onde? No CHR Ana Carolina? Eu não consegui, estou a 9 meses esperando no posto de saúde e nada! Já desisti, por isso vou a São Paulo, apesar da demora lá, mas a gente consegue ser bem atendido pela equipe do Ambulatório Neuromuscular da UNIFESP, lá eu obtive o meu laudo que constatou (infelizmente) que tenho a síndrome pós-polio.

    ResponderExcluir